A Importância da fisioterapia intra-operatória

Sob o contexto de que, mesmo as cirurgias mais simples podem apresentar complicações, o fisioterapeuta desempenha um papel importante no intra-operatório, ou seja, ainda no bloco.

Por meio de técnicas manuais e estimulações com aparelhos específicos para esse tipo de fisioterapia, o organismo recebe estímulos para que absorva o impacto de uma cirurgia da melhor forma possível e otimize a recuperação do paciente para que ele retorne à sua rotina rapidamente. Bandagens elásticas ou tapes são fitas elásticas largas feitas de algodão e com uma cola em um dos lados. Todos os materiais sāo hipoalergênicos e à prova d’água.


O tape é indicado principalmente para as pacientes submetidas à lipoaspiração, abdominoplastia ou mamoplastias, que são cirurgias que descolam grandes áreas de tecido; proporcionando estabilidade, conforto, segurança e diminuindo a dor do paciente.


Imediatamente após finalizar a cirurgia, a fisioterapeuta irá atuar em bloco cirúrgico para a aplicação das bandagens elásticas, que tem finalidade compressiva e contensiva. Quando a aderimos em contato com a pele, a tensão correta empregada irá fazer com que sua pele aproxime do músculo, diminuindo assim o espaço morto descolado durante a cirurgia. Quanto menor o espaço no subcutâneo, menor a quantidade de edema (inchaço) e equimose (roxo). Além disso o tape mecânico também propicia a estabilização das cicatrizes (diminui a tensão dos bordos), previne a formação de seromas e controla a formação de fibroses.


Cuidados com a pele para receber o Tape:

Uma semana antes da cirurgia iniciar o uso do hidratante indicado após os banhos com objetivo de melhorar a barreira cutânea e evitar alergias, bolhas e prurido.

Evitar banhos muito quentes, que ressecam a camada cutânea.


Cuidados com a Tape:

A Tape pode ser molhada e seca com auxilio de secador FRIO. O uso de secador morno ou quente ativa a cola nela existente podendo causar danos a pele.

Caso alguma borda venha a soltar comunique ao fisioterapeuta responsável pela aplicação.


Duração e retirada:

A Tape ficara instalada de 5 a 7 dias e deverá ser retirada pelo fisioterapeuta responsável.


Custo-benefício:

Observamos que os pacientes que optam pela intervenção precoce da fisioterapia no intra-operatório garantem uma otimização do seu tratamento e resultado, sendo necessário menos atendimentos de fisioterapia e até mesmo retornam mais rápido às suas atividades de rotina diária. Podemos certamente afirmar que possui uma excelente relação custo-beneficio.


Riscos:

A cola da tape é hipoalergênica sendo bem tolerada até mesmo por peles sensíveis de pacientes em tratamento com quimioterápicos. Mas em poucos casos podemos observar alergia, coceira e ou formação de bolhas. Caso isso aconteça comunique imediatamente ao fisioterapeuta responsável para avaliar a possibilidade de retirada da bandagem.